Frase da semana:

"Aquele que aprende de Cristo, esvazia-se do próprio eu [...] e há silêncio na alma." (Ellen Gould White)

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Meditação Diária: "A Melhor Pechincha"

Vinde, comprai e comei. Isaías 55:1


Você gosta de pechinchas? Eu gosto! Houve uma época em que elas eram uma necessidade para nós, já que eu ficava em casa cuidando dos filhos, e o salário do meu esposo pastor era modesto, para dizer o mínimo. Encontrar uma liquidação foi algo que se enraizou em nossos filhos desde tenra idade. Quando Tim ainda estava em idade pré-escolar e passamos o verão no acampamento do qual meu esposo, Ted, era o diretor, havia um objeto que Tim ansiava possuir. Ele perguntou: “Quando formos para casa, se ele estiver em liquidação, posso ganhá-lo?” Não me lembro de qual era o artigo que ele queria ou se chegou a recebê-lo, mas naquela idade já havia aprendido a procurar uma ponta de estoque.

Esses hábitos permaneceram conosco, mesmo nos anos da aposentadoria. Cada semana, leio os volantes de propaganda de supermercados, anotando as coisas de que preciso, os cupons que podemos usar e o lugar onde obter os melhores preços, antes de fazermos nossas compras semanais. Continuo à procura de ofertas.

No início deste ano, eu estava tentando encontrar um vestido apropriado para o casamento da nossa neta. Sim, nossos meninos cresceram e Tim, agora, seria sogro. Um traje bonito não era do meu tamanho, e a loja de departamentos, atenciosamente, encomendou-o de outra de suas lojas. Infelizmente, este também não serviu bem e precisou ser devolvido. Tendo procurado, sem sucesso, em lojas semelhantes de nossa cidade, fomos até outra localidade, a certa distância. Desta vez, deu certo! Encontrei um belo vestido e uma estola – em liquidação, pela metade do preço. A que eu tinha devolvido custava o dobro. Alguns dias depois, encontrei outro traje apropriado para a igreja, também pela metade do preço. Foi quase como as ofertas de supermercado – “compre um e leve dois”. Fui realmente abençoada!

Quando penso em pechinchas, ocorre-me que há uma oferta incrível que excede em muito os cupons duplos ou triplos que descontamos no supermercado, ou os “saldões” que encontramos ocasionalmente. Lemos a seu respeito em Isaías 55:1: “Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.”

Sim, Deus nos tem dado o melhor – e não nos custa nada. Ele não só cuida de nós cada dia, mas nos dá a Sua graça. Como dádiva. Bem, é isso que verdadeiramente chamo de negócio vantajoso!
(Fonte: http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmulher/2010/frmmul2010.html#9nov)

Um comentário:

  1. Olá Nane!!!
    Passei para ler tuas magnificas postagens.
    Beijos fica bem.

    ResponderExcluir